top of page

Situação geradora de aprendizagem (SGA) “Sistema Zer@Dengue ” Alberto caminhava por uma rua próxima a sua casa e em um terreno baldio viu vários entulhos. Preocupado com a dengue e como o terreno não tinha muros, ele resolveu verificar se não havia criadouros do mosquito  Aedes aegypti. Para seu desespero, havia um pneu e três garrafas de água com diversas larvas do provável mosquito. Imediatamente tirou a água dos pneus e dos recipientes, mas ficou muito apreensivo com essa situação. A dengue mata e estava muito perto da sua casa. Hoje ele resolveu aquele problema pontual, mas como continuar com essa vigilância? Com esses questionamentos ele fez uma pesquisa e soube que na empresa DEV-TI, composta de vários egressos e alunos de Análise e Desenvolvimento de Sistemas (ADS) está com um projeto em execução para o desenvolvimento de um software para o Ministério da Saúde chamado Sistema Zer@Dengue, no qual qualquer pessoa poderá fazer uma denúncia de possíveis focos de dengue emtodo território nacional. Bastará acessar o sistema Zer@Dengue, criar uma conta e fazer um descritivo do problema, indicando o endereço da ocorrência, inclusive podendo enviar fotos, sendo que, posteriormente o usuário receberá um relato da ação tomada pelo Ministério da Saúde. Pesquisando mais sobre o assunto, Alberto encontra mais informações, conforme o site do Dr. Drauzio Varela, no endereço https://drauziovarella.uol.com.br/doencas-e-sintomas/dengue/ (acessado em 28 jan. 2020) a dengue pode se assemelhar a uma gripe forte, mas há quadros que podem levar a óbito. O vírus da dengue é transmitido pela picada da fêmea do Aedes aegypti, um mosquito diurno que se multiplica em depósitos de água parada acumulada nos quintais e dentro das casas. Existem quatro tipos diferentes desse vírus: os sorotipos 1, 2, 3 e 4. Todos podem causar as diferentes formas da doença. A partir de 2014, seguindo a orientação da Organização Mundial da Saúde (OMS), o Brasil passou a utilizar a nova classificação da dengue. Na obra “Dengue: diagnóstico e manejo clínico – adulto e criança”, a Secretaria de Vigilância em Saúde/MS, revisou e atualizou o protocolo da doença. Nele, foi dada ênfase ao conceito de que “a dengue é doença única, dinâmica e sistêmica, de amplo espectro clínico”, que pode apresentar ou não sintomas. Em alguns casos, a ausência de sintomas faz com que a doença passe despercebida; em outros, ocorrem complicações graves que podem levar a óbito. Essas diferenças marcam as diferentes apresentações da doença: clássica, hemorrágica e com complicações. Bem, verificado o cenário crítico, Alberto se sentiu útil no combate à dengue, através do software Zer@Dengue e com a participação ativa do Ministério da Saúde, assim dando esperança à população para uma situação controlada, visando a extinção total dessa doença, ou seja, reverter a proliferação desenfreada atual com números elevados de casos em todo o país.

Tarefa 1: Engenharia e Projeto de Software Considerando o cenário proposto, elabore e apresente a seguinte documentação de Engenharia e Projeto do Software Zer@Dengue. Considere que a solução deve abranger as funcionalidades básicas para realização do cadastro da pessoa física (cidadão) que faz a denúncia; cadastro da localização, indicando o estado, cidade e bairro do ponto suspeito do foco do mosquito; cadastro para registrar a denúncia; e consulta de acompanhamento do status da denúncia, no mínimo. Seja criativo e complemente a sua solução com funcionalidades inovadoras! A documentação de Engenharia e Projeto do Software proposto deve contemplar: 1. Um plano de gerenciamento de projeto de software, contemplando a definição e descrição de todo o planejamento para executar, controlar e encerrar o projeto. 2. A descrição do Processo de Desenvolvimento de Software a ser adotado; 3. A descrição do (s) Método (s) de Desenvolvimento de Software a ser adotado para modelagem das atividades básicas de Análise de Sistemas e Projeto de Sistemas,indicando quais técnicas de modelagem serão adotadas para especificar cada atividade do desenvolvimento; 4. A modelagem das atividades básicas de Análise de Sistemas e Projeto de Sistemas, considerando as técnicas de modelagem indicadas no item anterior. Por exemplo, se no item anterior (b) foi indicado que será adotado a Unified Modeling Language (UML) e na atividade de Análise de Sistemas será adotado as técnicas de modelagem – Diagrama de Use Cases, Diagrama de Classes, Diagrama de Máquina de Estados e Diagrama de Atividades, então deve-se apresentar a especificação completa da modelagem dessas técnicas elaborada em uma ferramenta CASE; 5. A descrição da arquitetura lógica e física, indicando e justificando todas as tecnologias que serão adotadas na implementação e implantação do software. Tarefa 2: Projeto Orientado à Objetos Com base nos requisitos de engenharia e projeto de software do sistema Zer@Dengue que você já elaborou, seu próximo passo é pensar em como será a implementação do sistema pensando na abordagem orientado à objetos. Para isso, complemente a documentação do sistema com as seguintes questões, visando deixar o projeto mais robusto: 1. Faça uma breve pesquisa e indique o tipo de linguagem orientada a objetos mais adequada ao projeto, e qual padrão de projeto a equipe pretende utilizar. 2. Defina frameworks e sua importância em projetos de sistemas orientados à objetos. Cite um ou dois exemplos existentes que seriam interessantes para a implementação do sistema. 3. A arquitetura de software é importante, pois afeta o desempenho e a robustez, bem como a capacidade de distribuição e manutenibilidade de um sistema. Apresente umpadrão de arquitetura que poderia se encaixar no desenvolvimento do sistema Zer@Dengue, pensando em um projeto orientado à objetos. Tarefa 3: Programação para WEB II Você faz parte da equipe de desenvolvimento do Zer@Dengue e ficou encarregado de desenvolver o portal do sistema. Para isso, você deverá implementar um site que possui uma página para cadastro do usuário, os campos necessários são: • Nome Completo; • E-mail; • Senha; • RG; • CPF; • Endereço; • Telefone; • Cidade; • Bairro; • Estado; Após realizado o cadastro, o usuário deve ser redirecionado para a página da denuncia. Nesta página, deverá conter os seguintes campos: • Endereço da ocorrência (obrigatório); • Campo para postagem de foto mostrando o local com o foco de dengue; • Descrição obrigatória com o relato do local. As linguagens para implementação do portal são: PHP, HTML e CSS.

 

 

Portfólio Zer@ Dengue 4/5

R$ 100,00 Preço normal
R$ 50,00Preço promocional
  • Envio Imediato

    Sistemas 4/5

123.png
bottom of page