top of page

Portfólio Uma reportagem real publicada no Portal Valor Investe, no ano de 2021.

 

Curso: Coaching e Desenvolvimento Humano

 

Semestre: II

 

Prezado aluno, seja bem-vindo a este semestre! A proposta de Produção Textual Interdisciplinar Individual (PTI) terá como temática uma reportagem real publicada no Portal Valor Investe, no ano de 2021. Escolhemos esta temática para possibilitar a aprendizagem interdisciplinar dos conteúdos trabalhados nas disciplinas deste semestre. Na PTI você deverá conhecer a Situação Geradora de Aprendizagem (SGA), inserindo-se nesse contexto, para realizar as tarefas previstas. Sigam as orientações fornecidas neste material, além de outras fundamentações teóricas (livros didáticos das disciplinas, tele aulas, web aulas e outros materiais complementares). Vamos conhecer a nossa SGA?

 

SITUAÇÃO GERADORA DE APRENDIZAGEM

Pandemia faz mulheres repensarem carreira, habilidades e pensarem - seriamente - em empreender Estudo Global Learner Survey 2021 – Parte 3, da Pearson, mostra que 59% das brasileiras disseram que querem mudar de vida nos próximos seis meses Por Naiara Bertão, Valor Investe — São Paulo - 09/11/2021 06h00. Atualizado há 8 meses Fonte: Adaptado de https://valorinveste.globo.com/objetivo/empreendase/noticia/2021/11/09/pandemia-faz-mulheres-repensarem-carreira-habilidades-epensarem-seriamente-em-empreender.ghtml. Acesso em 19 de Julho de 2022. Não há dúvida que a pandemia colocou todo mundo para pensar sobre sua vida, seus projetos e ambições. Para Marcela, enquanto o ano de 2020 foi de “correria” para conseguir salvar a startup que trabalhava (o que ela e a equipe conseguiram com louvor), este ano foi o momento em que muitas fichas caíram e ela decidiu fazer uma nova mudança de carreira, a terceira de sua vida, que foi marcada por mais de uma década trabalhando em instituições financeiras. "Eu tive uma mudança grande antes da pandemia e a pandemia fez com que algo que já seria intenso por natureza, fosse ainda mais intenso. Comecei a me questionar, este ano, porém, qual era o meu projeto de vida e não parecia ser aquele”, conta a executiva que acaba de se tornar sócia de um projeto de empoderamento de mulheres no mercado financeiro. Foi um período de muitos desafios em que ela percebeu que precisava estudar mais, buscar mais conhecimento, seja para ‘pivotar’ – termo usado no meio empreendedor para falar sobre guinadas de estratégias – o negócio onde trabalhava, como para desenvolver habilidades de gestão, como liderança de time. “Eu precisava, primeiro, entender esse universo de startup e tecnologia. As metodologias, os indicadores, estudar os cases de startup lá de fora, como funcionava o mercado de investimentos, além, claro, aprender sobre liderança, gestão e cultura organizacional”, explica. Assim como ela, muitas outras brasileiras repensaram suas carreiras e perceberam que necessitavam de outras habilidades para crescer em suas carreiras. Segundo estudo da empresa global de educação Pearson, chamado de Global Learner Survey 2021 – Parte 3, 84% das respondentes brasileiras afirmaram que estão usando a pandemia como uma oportunidade para reavaliar suas vidas, principalmente as carreiras. Esse número passa para 86% entre as brasileiras da chamada Geração Z (entre 14 e 24 anos), 84% para as Millenials (25 a 40 anos), 79% para as Geração X (40 a 60 anos) e 89% para as Baby Boomers (nascidas entre as décadas de 60 e 70). E os motivos para isso são diversos: vão desde o medo de perder o emprego e ter redução de salário (ou porque, de fato, perdeu o emprego ou teve diminuição de remuneração), a desconfiança que as oportunidades para mulheres no ambiente de trabalho vão melhorar em breve, a percepção de que haverá melhores oportunidades de emprego e até vontade mesmo de seguir um propósito.

Segundo a pesquisa, 78% das brasileiras afirmaram que a economia do país piorou desde o início da pandemia; 81% afirmam que o cenário para oportunidades de trabalho também piorou, assim como os salários (73% concordaram) e igualdade (falta de, no caso) no ambiente corporativo (26%). O percentual de respondentes brasileiras que concordaram com a piora desses tópicos é o maior entre os países pesquisados - Estados Unidos, China, México, Índia e Reino Unido – em todos esses pontos. Muitas até acreditam que as coisas possam ficar melhor, mas, antes disso, apostam que podem piorar ainda mais. “Mesmo com os desafios de saúde mental, viés de gênero e uma pandemia que as deixou ainda mais multitarefas e potencializou todas as diferenças que já havia no mercado, as mulheres seguem buscando melhores oportunidades de trabalho. Além de desenvolverem novas habilidades, principalmente as com foco em empreendedorismo e em liderança”, afirma Heloisa, Diretora Comercial da Pearson.

 

IMAGINE A SEGUINTE SITUAÇÃO:

Você leu a reportagem acima e percebeu que tem muita relação com temas que tem estudado em seu curso superior de graduação de Tecnologia em Coaching e Desenvolvimento Humano, tais como autoavaliação de performance, empreendedorismo e gestão de carreiras, então vamos refletir sobre alguns aspectos. Mãos à obra!

 

Tarefa 1

De acordo com Dutra (2014, p.32) “a obtenção de resultados esperados a partir da atuação das pessoas é chamada de performance. (...) A performance normalmente é mensurada através de metas estabelecidas entre as pessoas ou grupo de pessoas e sua liderança. A construção dessas metas e o suporte que a pessoa recebe da organização e de sua liderança definem o foco no esforço ou no desenvolvimento. O foco no desenvolvimento ocorre quando a meta representa para a pessoa um desafio e a pessoa recebe suporte em sua capacitação para enfrentar o desafio e suporte em termos de equipamentos, orientação e condições de trabalho. O resultado obtido através do desenvolvimento é o que mais interessa para a organização, porque esse resultado é mais efetivo. O resultado obtido através do desenvolvimento oferece à organização uma mudança do patamar de performance, ou seja, é um resultado que se sustenta no tempo. (...) A pandemia trouxe uma nova forma de as pessoas lidaram com suas vidas, enfrentarem seu dia-a-dia, com isso, muitos optaram por mudar de setor em seu trabalho, alguns mudaram completamente o ramo em que trabalhavam, outros ainda, abriram mão do trabalho presencial e se lançaram em novas perspectivas que os aproximassem mais de sua família, enfim... muita coisa mudou, isto porque as pessoas passaram a estabelecer novas metas para suas vidas. Por falar em metas, sabe-se que estas são fundamentais para a efetividade do processo de avaliação da performance. Diante disto, realize uma pesquisa bibliográfica acerca dos critérios e características para a formulação das metas (explique sobre os objetivos centrados em termos positivos, centrados nas mãos do indivíduo, os específicos, os realizáveis e os ecológicos).

 

Tarefa 2

Segundo Maximiano (2006), empreender tem origem no latim, imprendere, que significa “decidir realizar tarefa difícil e laboriosa”, “colocar em execução”. O mesmo significado pode ser encontrado na palavra francesa entrepreuner, que deu origem na palavra inglesa entrepreneurship, que é utilizada para denominar o comportamento do empreendedor, espírito empreendedor.

 

TRABALHO COMPLETO COM TODAS AS 4 TAREFAS COMPLETAS CONFORME EXIGIDO PELA UNIVERSIDADE.

Portfólio Uma reportagem real publicada no Portal Valor Investe, no ano de 2021.

R$ 200,00Preço
    123.png
    bottom of page