top of page

Portfólio Município Vitalidade

 

Curso: Ciências Contábeis

Semestre: 5º/6º semestre

 

A proposta de Produção Textual Interdisciplinar em Grupo (PTG) terá como temática o caso do “Município Vitalidade”. Escolhemos esta temática para possibilitar a aprendizagem interdisciplinar dos conteúdos desenvolvidos nas disciplinas desse semestre. No final deste manual, constam todas as informações necessárias para a construção do trabalho em grupo. Faça uma leitura na integra e observe todos as normas e orientações para que o desenvolvimento do trabalho seja satisfatório e possa atender todas as solicitações que a atividade exige. Se houver qualquer dúvida no desenvolvimento deste trabalho, sempre recorra as instruções aqui presentes, bem como, acione o seu tutor a distância para que ele possa auxiliá-lo da melhor forma possível.

Leitura e interpretação da SGA

Para atingir os objetivos desta produção textual, vocês deverão seguir as instruções voltadas à elaboração do trabalho disponibilizadas ao longo do semestre, sob a orientação do Tutor a Distância, considerando as disciplinas norteadoras. A participação na consecução da proposta é fundamental para que haja o pleno desenvolvimento de competências e habilidades requeridas em sua atuação profissional. Nessa produção textual deverá então ser considerada a seguinte problemática: “Caso: Análise Orçamentária, Financeira e Socioambiental do Município Vitalidade na construção de um Hospital Municipal em tempos de Pandemia” apresentada na sequência.

SITUAÇÃO GERADORA DE APRENDIZAGEM (SGA)

Sejam muito bem-vindos a esta Produção Textual que tem como temática “Caso: Análise Orçamentária, Financeira e Socioambiental do Município Vitalidade na construção de um Hospital Municipal em Tempos de Pandemia”. Este tema possibilita a aprendizagem interdisciplinar dos conteúdos desenvolvidos nas disciplinas deste semestre. Preservar a saúde financeira das instituições públicas constitui relevante requisito para o fornecimento, de forma adequada e ininterrupta, de diferentes tipos de serviços públicos que satisfaçam as necessidades e garantam o bem-estar da população. Uma condição financeira saudável deve ser um dos objetivos visados pelas entidades públicas, no intuito de realizar suas funções essenciais de educação, segurança, assistência social, saúde e saneamento básico, bem como atender suas necessidades de investimentos em bens de infraestrutura, o cumprimento de obrigações financeiras de curto prazo e realização dos pagamentos dos serviços da dívida. A Pandemia da Covid-19 trouxe à tona uma preocupação maior em relação a área da saúde pública para os gestores públicos de Vitalidade, especialmente depois que foi constatado uma elevação do número de casos de contaminados na cidade. Por causa disso, a secretaria de planejamento do Município Vitalidade apresentou um projeto ao legislativo e este aprovou a lei, dispondo sobre a abertura de crédito adicional referente ao término do exercício anterior. Essa lei dispõe sobre a abertura de crédito especial para a construção de um hospital municipal, que se chamará Coração Oscilante, no valor estimado de R$ 5.000 milhões com recursos obtidos mediante empréstimo junto à Caixa Econômica Federal (CEF). Em decorrência da valorização regional no local onde este hospital estará sendo construído, espera-se que haja pequenos incrementos na arrecadação do IPTU. Os hospitais são considerados como organizações complexas para a prestação de atividades de alta relevância na sociedade, por isso, apresentam patamares significativos de gastos. Os hospitais têm como função a internação, o diagnóstico e o tratamento de pessoas que necessitam de assistência médica diária e de cuidados constantes de enfermagem,restaurando a saúde e prevenindo doenças. A restauração da saúde, considerada função principal de um hospital, inclui o diagnóstico, o tratamento e a reabilitação física, mental e social do paciente, além dos casos de emergência. Por prezar pelas condições adequadas na área de saúde, o Município Vitalidade tem buscado contribuir em etapas como o preparo do plano estratégico até a avaliação de desempenho e consequentes correções, pois sabe que o funcionamento dos órgãos de saúde depende de um Sistema de Informações (SI) consistente que permita aplicar controles financeiro e operacional. O controle financeiro está associado ao acompanhamento dos recursos financeiros aplicados na prestação de serviços. O controle operacional está inerente ao monitoramento da quantidade dos recursos aplicados na prestação de serviços e da forma como são geridos. Esses dois tipos de controles são fundamentais que o Município possa ter condições claras de oferecer assistência de saúde à população. Quando se trata de saúde pública, contadores e consultadores ficam naturalmente preocupados com o possível aumento crescente dos gastos dedicados à saúde e seu aparente baixo nível de eficácia. Isso reforça que a contabilidade deve exercer o seu papel para apresentar, de maneira adequada e evidenciada, a atual saúde financeira das entidades públicas à população e a todos que dela se interessem, auxiliando no processo de tomada de decisão. As iniciativas públicas como a de construir um novo hospital devem ter reflexos em caráter orçamentário, financeiro e socioambiental A atuação governamental local precisa ser sustentável, pois grande parte dos serviços de interesses públicos depende disso e são essenciais. Do ponto de vista financeiro, situações de desequilíbrio fiscal no Município, por exemplo, podem impactar nas suas próprias condições financeiras, o que prejudica a relação orçamentária de equilíbrio entre receitas e despesas. Nesse ponto, a saúde financeira é um processo mutável e adaptável de tomada de decisão que exige conhecimentos de funções, serviços e práticas. Por meio das informações orçamentárias é possível avaliar a condição financeira do Município de Vitalidade nos anos de 2019 e 2020. Diante disso, vocês são convidados a conhecer algumas situações orçamentárias, financeiras e socioambientais da localidade. Para isso, calcule, analise, conceitue, reflita e realize o que se pede.

A análise das demonstrações contábeis passa por etapas que para agregar confiabilidade nas análises e, posteriormente, assertividade nas conclusões e decisões tomadas pelos analistas, gestores e administradores. Para iniciar as análises, um questionamento que deve ser feito é: “quais conclusões se quer chegar analisando os dados contábeis do Município Vitalidade? ”. O objetivo primário de análise é verificar o comportamento contábil e financeiro, ao longo dos anos apresentados (2019 e 2020), dos elementos que compõem as demonstrações (Balanço Orçamentário) do Município Vitalidade. Para isso, deve-se realizar a análise horizontal das demonstrações apresentadas. A análise vertical, em consonância com a análise horizontal, proporciona uma visão acurada e holística das peças contábeis, aumentando a capacidade informacional dos demonstrativos, dando ao usuário da informação mais clareza e facilidade na interpretação. Outra forma de se fazer a análise do Balanço Orçamentário é definir apenas um período e deter-se sobre as variações da previsão e da execução orçamentária. Nesse caso, os principais procedimentos de análise consistem em relacionar as informações constantes nas colunas das receitas com as informações dispostas nas colunas das despesas, identificando-se o desempenho da arrecadação, o desempenho do gasto, o comportamento do resultado de previsão, o desempenho da execução orçamentária e a posição da execução financeira da despesa. Neste trabalho, além dos cálculos, é fundamental que busque realizar uma análise descritiva dos resultados encontrados.

Portfólio Município Vitalidade

R$ 50,00Preço
  • Completo pronto para ser enviado.

    Curso: Ciências Contábeis

    Semestre: 5º/6º semestre

     

     

     

    COMPARTILHE

123.png
bottom of page