top of page

PORTFÓLIO CATERING: O QUE É, TIPOS E COMO OFERECER

 

GASTRONOMIA

 

Catering: o que é, tipos e como oferecer

O serviço de catering está em ascensão no Brasil, afinal, atualmente, as pessoas buscam mais comodidade na hora de organizar um evento. O serviço de catering é realizado por uma empresa que prepara os pratos em um local e, em seguida, os serve em outro espaço, geralmente, na casa do cliente ou local indicado pelo contratante do serviço. De modo geral, o catering é feito por uma 

empresa que atua especificamente como prestadora desse tipo de serviço ou por um estabelecimento que oferece o serviço como mais uma de suas opções. Afinal de contas, devido ao crescimento do serviço de catering no Brasil, muitos restaurantes estão ampliando seus nichos de mercado.

O que são restaurantes do tipo catering?

São estabelecimentos que preparam o cardápio em um local para servir em um espaço que, de modo geral, não é o salão do restaurante, mas a casa do cliente ou outro local de preferência do contratante. No entanto, o serviço de catering não consiste apenas na entrega de alimentos para um determinado evento. Normalmente, o restaurante contratado será o responsável pela produção dos pratos, logística, ambientação, limpeza e fornecimento de equipamentos e mão de obra para servi- los. Desse modo, o contratante do serviço não terá que se preocupar com nada relacionado ao setor de alimentação do evento, apenas com o pagamento do trabalho contratado.

Como oferecer o serviço de catering?

Ofereça um cardápio de qualidade - para começar a oferecer um serviço de catering e conquistar espaço no mercado alimentício, concentre-se em elaborar e planejar um cardápio atrativo para o seu público-alvo, concentrando sua energia na qualidade dos ingredientes e no preparo dos pratos. O carro chefe de um serviço de catering ou de qualquer outro estabelecimento de alimentação sempre será a qualidade da comida, seguido da variedade do seu cardápio. Com esses aspectos sob controle, seu serviço falará por você e, consequentemente, atrairá e fidelizará os clientes do restaurante.

Utilize equipamentos adequados - como o seu estabelecimento será o responsável pelo preparo, armazenamento, transporte e exposição dos alimentos, será necessário ter cuidado para manter o alimento na temperatura ideal, por exemplo. Por esse motivo, investir em equipamentos apropriados para conservar a qualidade da comida preparada antes e durante o evento deve ser uma das principais prioridades do seu novo negócio.

Tenha uma equipe competente - o serviço de catering é composto de várias etapas, logo, uma equipe competente e de confiança deverá ser recrutada. Os colaboradores do seu catering devem estar aptos para o serviço e preparados para assumir uma postura de proatividade caso alguma coisa saia do planejado. Afinal, o contratante desse tipo de prestabilidade espera um serviço completo, pois, além do alimento, deseja comodidade e tranquilidade, sem ter que deixar seus compromissos sociais para resolver uma situação indesejada em meio ao evento. Além de uma equipe disposta, um restaurante do tipo catering deve possuir uma rede de contatos ampla, uma vez que deve contar com os melhores fornecedores e maiores descontos para obter uma margem de lucro superior ao esperado. Mais do que isso, uma rede de contatos extensa pode significar mais networking para a empresa, logo, um maior número de contratos fechados.

 

DESAFIOS

PASSO 1 – Transformação da ideia em conceito

O primeiro ponto é transformar a ideia “Catering em domicílio” em conceito. Para isso, faça o detalhamento da figura 1 (uma vez captadas as ideias, estas precisam ser transformadas em conceitos, indicando sua forma, função, objetivo e benefícios globais, tornando-as passíveis de avaliação e operacionalização pela organização). Lembre-se: a geração do conceito nada mais é que a criação e o desenvolvimento do conceito do serviço de uma forma mais abrangente. Além disso, crie o nome do serviço (conceito final).

PASSO 2 – Recrutamento e seleção dos membros da equipe

Você já transformou sua ideia em um conceito, agora é hora de estruturar sua equipe de acordo com o seu “catering em domicílio”. As atribuições de um Chef Executivo vão além de apenas planejar o cardápio. Ele precisa recrutar a equipe, planejas escalas de trabalho e definir as funções e competências de cada membro da equipe para que tudo seja realizado da melhor forma possível. Diante disso, realize o anúncio para o recrutamento de uma vaga que está disponível no seu serviço de Catering. Use como exemplo a Figura 2 e pense nas vagas que podem ser necessárias no seu novo serviço de atendimento.

PASSO 3 – Elaborando o cardápio: Entradas e Pratos principais

Você já transformou sua ideia em conceito e já sabe como será sua equipe de catering. Agora está na hora de pensar como será oferecido seu serviço. Sua cliente te pediu um cardápio global e gostaria de ver todas as suas raízes no menu oferecido a seus convidados. Sua cliente tem pais Tailandeses, mas nasceu aqui no Brasil. Ela te informou que o evento é um almoço que duraria, em média, 4h. Seria realizado para adultos, em sua maioria homens adultos, uma média de 20 convidados e aconteceria das 12:00 às 16:00. Com base em seus conhecimentos sobre cardápios, pense em uma entrada com comidas asiáticas, de preferência tailandesa e um prato principal de origem brasileira, para enaltecer a cultura de sua cliente. Além disso, determine as quantidades necessárias de cada prato, de acordo com seus conhecimentos adquiridos até aqui. Lembrando que seu cardápio deve fazer algum sentido entre os partos, então, procure utilizar ingredientes que sejam utilizados nas duas culinárias como carne de porco e peixe.

PASSO 4 – Elaborando o cardápio: Sobremesas

Ainda pensando no mesmo evento, agora temos que pensar na sobremesa. Então, sua cliente gostaria muito de uma sobremesa que unisse a panificação com a confeitaria, algo sofisticado e com muita técnica, mas que ainda faça sentido em um cardápio como um todo. Ela gostaria de saber quais seriam as suas opções de sobremesa e ter acesso a um panorama geral de seu cardápio para a entrega. Usando como exemplo a Figura 3 e tudo o que já foi estruturado até aqui, elabore um cardápio de sobremesas que contemple a confeitaria e a panificação, ou seja, precisam existir opções das duas áreas solicitadas, que se casem com o resto do cardápio do passo anterior.

PASSO 5 – Elaborando o cardápio: Bebidas e Plano de ação

O último ponto a se desenvolver são as bebidas, nesse caso sua cliente gostaria de um “show à parte”. Ela quer que as bebidas sejam atrativas e que tenham um bar apenas para os convidados escolherem as bebidas que desejam tomar. A lista de drinks deve ter conexão com o restante do Menu, devem ser atrativas visualmente e precisam de um pessoal especializado para fazê-las. Seu desafio é elaborar uma carta de Drinks com pelo menos 6 drinks e pensar em um plano de ação para que o seu bar esteja sempre abastecido com as necessidades referente a estas elaborações. Lembrando que um plano de ação contempla etapas, descreva quais são elas e como você irá realizá- las.

PORTFÓLIO CATERING: O QUE É, TIPOS E COMO OFERECER

R$ 70,00Preço
  • Completo pronto para ser enviado.

    GASTRONOMIA

     

     

     

    COMPARTILHE

123.png
bottom of page